Durante a sua visita presidencial à frente de batalha do C.E.P. em França, Bernardino Machado condecora alguns soldados que se evidenciaram pela sua bravura em combate. Nesta fotografia o Chefe de Estado chega ao local da cerimónia com a sua comitiva.

Numa via francesa passam vários carros de campanha e uma cozinha móvel do Corpo Expedicionário Português, identificável pela sua chaminé.

Uma enfermeira da Cruz Vermelha Portuguesa, a trabalhar no Hospital Temporário da Junqueira, efectua um curativo a um ferido de guerra, internado naquela instituição hospitalar.

Aquando da sua visita ao Porto, observamos os oficiais que constituem a missão anglo-francesa, de visita a Portugal para observação dos nossos preparativos de guerra, em diálogo com oficiais portugueses.

Fotografia do Estado - Maior do Corpo Expedicionário Português, onde se incluem personalidades como António Maria Baptista, Luís Augusto Ferreira Martins e Vitorino Henriques Godinho.

Soldados do C.E.P. junto da sua «sereia» ou «siren» nas trincheiras, dispositivo de alerta que imitia um sinal sonoro forte e que alertava os militares para a presença de gases asfixiantes. É patente a corrupção da denominação inglesa num novo vocábulo.