Já se encontra disponível o programa da conferência Globalising and Localising the Great War, com a presença da historiadora portuguesa Ana Paula Pires, que levará a Oxford as questões do Império Português em África e o impacto sobre o mesmo da Primeira Guerra Mundial.

O Congresso Internacional associado às comemorações do centenário da Grande Guerra, nos dias 14, 15 e 16 de outubro de 2015, vai ter lugar na Escola Naval portuguesa.

Contamos com a presença do conferencista convidado Prof John Hattendorf, figura de referência no mundo da História Marítima, catedrático do Departamento de História Marítima no Naval War College.

Já conhece os combatentes de Almeirim na Grande Guerra? Senão, procure o blog/projecto "Almeirinenses na Primeira Grande Guerra 1914/18 - 2018".

O Jornal o Templário dedica uma das suas páginas à inauguração da exposição "Portugal e a Grande Guerra". 

A HP Portugal, lider em tecnologias informáticas e suporte tecnológico é parceira Dias da Memória em Tomar, fornecendo material informático e de suporte/digitalização.

Os Dias da Memória já estão em Tomar. Venha visitar-nos hoje até às 22 horas e amanhã das 10h às 18h

Realiza-se na Maia, dia 20 de Fevereiro de 2015, a palestra «A alimentação nas trincheiras», integrada no ciclo de palestras projeto "A Maia e os Maiatos na Grande Guerra".

  Cristina Barcoso Lourenço, professora de História no Agrupamento de Escolas de Montenegro fez chegar até ao nosso projecto ESCOLAS algumas fotografias, textos e um vídeo, material que colectou e que tão bem reflecte o interesse particular dos seus alunos pela temática da participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial, demonstrando que aprender é também algo de muito divertido.  

O Instituto da Defesa Nacional vai realizar no dia 11 de fevereiro de 2015, às 11h15, a segunda sessão do Ciclo de Conferências sobre “Portugal na Grande Guerra”. Esta sessão terá como conferencista o historiador Javier Ponce Marrero, Professor titular da Universidade de las Palmas, Gran Canaria, tendo por tema "España en la Primera Guerra Mundial: ¿Neutralidad?"

Dia 7 de Fevereiro, pelas 16h00, a Casa dos Cubos em Tomar recebe a exposição itinerante «Portugal e a Grande Guerra», que esteve patente até 30 de Janeiro na Assembleia da República em Lisboa. E, também em Tomar, nos dias 13 e 14, decorre a inédita iniciativa «Dias da Memória», um Collection Day dedicado à recolha de histórias e memórias da presença portuguesa na Primeira Guerra Mundial. 

Já pensaram como terá sido chegar a Gallipoli? Ou viver na Frente Ocidental? Como seriam os sons dessa guerra? As galerias do Australian War Memorial recriam essas sonoridades.

Os professores do Agrupamento de Escolas Reynaldo dos Santos, situado em Vila Franca de Xira, resolveram desafiar os seus alunos e registaram as suas respostas, bem como as suas experiências e opiniões. Numa escola cujo patrono, o conceituado médico Reynaldo dos Santos, foi membro do Serviço de Saúde do Corpo Expedicionário Português em França, os alunos foram confrontados com a história de um conflito que necessitamos compreender e recordar cada vez mais. Levaram a cabo iniciativas diversas, relacionadas com a angariação de memórias familiares da Grande Guerra, e visitaram a exposição Portugal e a Grande Guerra. Partilhamos agora as respostas dos alunos ao desafio, que tão bem reflectem o crescente interesse pelo tema da Grande Guerra e pela tão desconhecida presença portuguesa neste conflito, em África ou em França. A dinamização nas escolas é evidente. E no Agrupamento de Escolas Reynaldo dos Santos, mobiliza já muitos professores, alunos e pais. 

A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos pretende assinalar com iniciativas diversas a efeméride do centenário da I Guerra Mundial. Razão pela qual se encontra a preparar uma exposição sobre a presença de diversos dos seus combatentes na Grande Guerra. Como tal, procura registar e utilizar material inédito, na posse dos familiares, que será alvo de tratamento e registo, sendo posteriormente devolvido às famílias e detentores originais. Leia a notícia, adira e ajude nesta excelente iniciativa de procura e registo dessa história tão esquecida que é a história local.   

Foi talvez a iniciativa mais marcante em que a equipa IHC para a evocação do Centenário da Grande Guerra trabalhou durante o ano de 2014. Após a organização de uma exposição fantástica, os Dias da Memória, que ocorreram igualmente na Assembleia da República, levaram-nos a compreender quão importante é o trabalho de evocar, relembrar e honrar a memória dos que combateram neste conflito. Recordamos agora alguns dos momentos dos Dias da Memória, de 17 a 19 de Outubro de 2014.  

No âmbito da evocação do Centenário da Grande Guerra, a Assembleia da República realizará no dia 20 de Janeiro às 15h00 a iniciativa Café História subordinado à temática "Portugal e a Grande Guerra: História e Memória". Nesta iniciativa participarão académicos e instituições, arquivos, escolas, alunos e professores. 

Uma história, uma entrevista, um achado para o Europeana Sounds. Os Dias da Memória já chegaram a esta plataforma, repositório da herança sonora europeia. Visite e escute por si.   

A Liga dos Combatentes, na pessoa do seu presidente, o exm.º Sr. General Joaquim Chito Rodrigues, tem a honra de convidar para a inauguração da Exposição "O Fado Português e a Grande Guerra" de Domingos Camponês, pelas 17h00 de 23 de Janeiro de 2015, no Museu do Combatente/Forte do Bom Sucesso em Belém. Temos aqui o prazer de anunciar a mesma, bem como fazer eco deste convite que amavelmente nos fizeram chegar.